Me apaixonei por você e agora?

Imagem relacionada

Por Maciel Donizeti

É olhando para o relógio com meus olhos fitos nos ponteiros que andam vagarosamente por cada numero ali cravado. São segundos, minutos e horas e quando vejo já se passou quase um dia todo.

As batidas do meu coração indicam o meu relógio interno, de uma vida que se passa e de momentos vividos assim a nostalgia, alegria, tristeza, ansiedade, paixão e enumeros outros sentimentos se encontrão. Quem nunca olhou para dentro de si e pensou : Que m@#$% é essa que eu estou sentindo?!

Quando me deparo estou com esta algema eletrônica em minhas mãos , me aprisionando com suas inúmeras imagens que permeiam minha mente e enche meu coração com diversos sentimentos momentâneos. Acho que já é mais que uma algema e sim parte do meu corpo, pois não consigo um minuto sequer deixar de ver o que se passa ao meu redor e no mundo. O relógio continua a bater e meu coração continua a mostrar o meu relógio interno, mas já estou tempo demais preso nessas pequenas fotos de pessoas que por vezes nem conheço mas, como em uma hipinose controla minha mente e bagunça minhas emoçoes.

Então, percebo o quão envolvido estou ! E pior que isso, é saber o MIX de emoçoes que esta dentro de mim, sinto sua falta, amo suas cores, sua voz, a maneira que você me deixa te conduzir, mas quando vejo sei que é você que esta no controle. Se estou triste, você de alguma maneira me toca, se estou aflito ou bravo , você me consola, e se estou apaixonado, você consegue mostrar o que eu quero.

Mas que confuso isso! Sei que isso é uma manipulação em minha mente e mesmo assim consigo amar você, sem que eu pense que você é o culpado, mas eu sei que é. Não consigo ir mais embora porque já estou envolvido demais, e o que me resta é deixar que você conduza tudo. Estou realmente preso e não tenho nenhuma perspectiva de uma boa liberdade, pois até a liberdade que quero , não consigo ter com medo de perder você.  Por isso vamos continuar e seguir em frente , neste desenfreado  relacionamento sério, onde continuarei com meus olhos fitos no ponteiro do relógio, e na contagem regressiva de alguém que apenas entregou o coração de uma forma errada.

Você continuará sempre evoluindo, mudando e me surpreendendo, e eu sempre estarei te  tocando, ouvindo, lendo, assistindo e te segurando firmemente em minhas mãos para nunca te perder.

Que o relógio me indique o momento em que realmente vou dizer : Sou tão dependente  de você, meu celular.

( Carta de um dependente emocional da tecnologia)

Anúncios

Deixe uma resposta.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s